Arquivo da tag: Conrado Almada

O Que É Isso?

Letra

[John Ulhoa]

O que é isso?
O que é isso?
O que é isso?
O que é isso?

Um quebra-cabeça
É todo saber
Um nunca me esqueça
Um ser ou não ser

Palavra cruzada
Um bem contra o mal
Tônica trocada
Um não ter final

Uma encruzilhada
Uma quase morte
Um monte de nada
Ou falta de sorte

Um sonho confuso
TV desligada
Brinquedo sem uso
Memória apagada

Curiosidades

Fernanda: Música-lista. Difícil de se decorar. Tem uma sonoridade bem espacial e um clipe fantástico feito pelo Conrado Almada diretamente da Itália…

Clipe

Direção, Fotografia e Edição de Conrado Almada.

Assista: Canal Pato Fu no YouTube.

Agridoce

Letra

[John Ulhoa]

Por que você às vezes
Se faz de ruim?
Tenta me convencer
Que não mereço viver
Que não presto, enfim

Saio em segredo
Você nem vai notar
E assim sem despedida
Saio de sua vida
Tão espetacular

E ao chegar lá fora
Direi que fui embora
E que o mundo já pode se acabar
Pois tudo mais que existe
Só faz lembrar que o triste
Está em todo lugar

E quando acordo cedo
De uma noite sem sal
Sinto o gosto azedo
De uma vida doce
E amarga no final

Saio sem alarde
Sei que já vou tarde
Não tenho pressa
Nada a me esperar
Nenhuma novidade
As ruas da cidade
O mesmo velho mar

Curiosidades

John: inspirada "naquelas letras redondas de Erasmo e Roberto Carlos, românticas e sintéticas".

Fernanda: É minha música preferida no disco. Simples, ultra melodiosa e tem aquela tristeza bonita das melhores fases de Roberto e Erasmo. John escreveu a canção pensando nesse tipo de composição…

Fernanda: todas as canções do CD trazem, esse sabor. Algumas têm uma parte redonda, fofinha e, outras, uns espinhos.
As gravadoras ficam satisfeitas com os artistas nas prateleiras certas. O problema é que não sabemos fazer nosso som de outro jeito.

Em um dos show da turnê em São Paulo, Fernanda antes de iniciar a cantar essa música, contou a história do Roberto Carlos da Pampulha [para lembrar dessa história policial].

Clipe

Direção: Conrado Almada.

Assista: Canal Pato Fu no YouTube.