Arquivo do Autor: liviafukuda

Não Se Vá

Letra

[Alain Louis Bellec / Thina]

(Tu T’ en Vas)

Não se vá!
Eu já não posso suportar
Esta minha vida de amargura
Não se vá!
Estou partindo porque sei
Que você já não mais me ama…

Não se vá!
O seu ciúme é o culpado
Desta minha desventura
Não se vá!
O nosso amor não é mais o mesmo
É melhor que eu vá embora…

Não se vá!
Não me abandone por favor
Pois sem você vou ficar louco
É o ciúme que está
Nos separando pouco a pouco…

Não se vá!
Me dê uma chance outra vez
Daqui prá frente tudo vai mudar
Me dê a mão com muito amor
E nova vida vamos começar…

Lá lá lá lá, lá lá lá lá lá lá…
Lá lá lá lá, lá lá lá lá lá lá…

Curiosidades

Fernanda: Fechando, MDB2…a gente tem o “Não Se Vá”….que foi bastante tocada aqui no Brasil nas vozes de Jane & Herondy. E a gente tinha que chamar um casal para fazer isso….a gente chamou obviamente Groco & Ziglo que dão um show de interpretação…e vai fazer essa música catapultar a gente para mais uma temporada de sucesso do MDB2…eles são um pouco dramáticos, mas um pouco de drama faz bem….só um pouco. (Faixa a Faixa Deezer)

Alain Barriere & Noelle Cordier – Tu T’ en Vas

Jane & Herondy – Não Se Vá

Clipe

Private Idaho

Letra

[Cindy Wilson / Fred Schneider / Kate Pierson / Keith Strickland / Ricky Wilson - The B-52s]

Hoo-hoo-hoo-hoo-hoo, hoo-hoo-hoo-hoo
Hoo-hoo-hoo-hoo-hoo
You're living in your own Private Idaho
Living in your own Private Idaho
Underground like a wild potato
Don't go on the patio
Beware of the pool
Blue bottomless pool
It leads you straight, right throught the gate
That opens on the pool
You're living in your own Private Idaho
You're living in your own Private Idaho
Keep off the path, beware of the gate
Watch out for signs that say "hidden driveways"
Don't let the chlorine in your eyes
Blind you to the awful surprise
That's been waitin' for you at
The bottom of the bottomless blue, blue, blue pool
You're livin' in your own Private Idaho, Idaho
You're out of control, the rivers that roll
You fell into the water and down to Idaho
Get out of that state
Get out of the state you're in
You better beware
You're living in your own Private Idaho
You're living in your own Private Idaho
Keep off the patio (your own private Idaho)
Keep off the path (your own private Idaho)
The lawn may be green but you better not be seen
Walkin' through a gate that leads you down
Down to a pool fraught with danger
It's a pool full of strangers
Hey, you're living in your own Private Idaho
Where do I go from here to a better state than this?
Well
Don't be blind to the big surprise
Swimming round and round like the deadly hand
Of a radium clock
At the bottom
Of the pool
I-I-I-daho
I-I-I-daho
Woah-oh, woah-oh, woah-oh, oh
Ah, ah, ah, ah
Ah, ah, ah, ah
Get out of that state
Get out of that state
You're living in your own Private Idaho
Livin' in your own Private
Idaho

Curiosidades

Fernanda: Uma música do Led Zeppelin (D’Yer Mak’er) não foi autorizada, o que abriu espaço pra “Private Idaho” – que eu gosto mais (em entrevista para Grupo Quinquilharia).

John: Private Idaho, The B52s. B52s, eu acho que é aquela banda que é unanimidade entre todos do Pato Fu. Eu acho que é uma declaração de que a gente adora esse som dos anos 80. São as nossas principais influências….são bandas dessa época. Foi uma das últimas a entrar no repertório. Ficou divertida demais. Eu acho que a gente conseguiu manter o clima quase surf music do arranjo original só com os instrumentinhos. Mais uma daquelas super dançantes para criançada se esbaldar. Acho que nos shows ela vai ser muito legal de tocar também ao vivo….You’re living in your own Private Idaho. (Faixa a Faixa Deezer)

Clipe

Mamãe Natureza

Letra

[Rita Lee]

Não sei se eu estou pirando
ou se as coisas estão melhorando
Não sei seu eu vou ter algum dinheiro
ou se eu só vou cantar no chuveiro

Estou no colo da Mãe Natureza
Ela toma conta da minha cabeça
É que eu sei que não adianta mesmo a gente chorar
A Mamãe não dá sobremesa

Mas eu não sei se eu estou pirando
ou se as coisas estão melhorando
Não sei se eu vou ter algum dinheiro
ou se eu só vou cantar no chuveiro

Estou no colo da Mãe Natureza
Ela toma conta da minha cabeça
É que eu sei que não adianta mesmo a gente chorar
A Mamãe não dá sobremesa

Mamãe oh mamãe natureza
Tchuru ru ru tchu ru ru uá á á á
Mamãe oh mamãe natureza
Tchuru ru ru tchu ru ru uá á á á
Mamãe oh mamãe natureza
Tchuru ru ru tchu ru ru uá á á áaaaaaa.........

Mas eu não sei se eu estou pirando
ou se as coisas estão melhorando
Não sei seu eu vou ter algum dinheiro
ou se eu só vou cantar no chuveiro

Estou no colo da Mãe Natureza
Ela toma conta da minha cabeça
É que eu sei que não adianta mesmo a gente chorar
A Mamãe não dá sobremesa

Mamãe oh mamãe natureza
Tchuru ru ru tchu ru ru uá á á á
Mamãe oh mamãe natureza
Tchuru ru ru tchu ru ru uá á á á
Mamãe oh mamãe natureza
Tchuru ru ru tchu ru ru uá á á áaaaaaa.........
Mamãe oh mamãe natureza
Tchuru ru ru tchu ru ru
Mamãe oh mamãe natureza
Tchuru ru ru tchu ru ru

Curiosidades

Fernanda: "A única artista que estava presente no MDB1 e agora no MDB2...como, escolha....compositora...artista reconhecida é a nossa querida Rita Lee. E como a gente teve Ovelha Negra, dessa vez temos Mamãe Natureza. Um música também da época lá do Tutti Frutti e... eu gosto bastante dessa letra que é meio a inculcação pós maternidade.....dos pais e das mães...como é que a gente vai....e aí, como a nossa vida vai ser?....vai dar conta dessa vida?...mas vai sim....principalmente com música, né?...então Mamãe Natureza..muito bonitinha." (Faixa a Faixa Deezer)

Clipe

Every Breath You Take

Letra

[Gordon Sumner]

Every breath you take
Every move you make
Every bond you break
Every step you take
I'll be watching you
Every single day
Every word you say
Every game you play
Every night you stay
I'll be watching you
Oh can't you see
You belong to me
My poor heart aches
With every step you take
Every move you make
Every vow you break
Every smile you fake
Every claim you stake
I'll be watching you
Since you've gone I been lost without a trace
I dream at night I can only see your face
I look around but it's you I can't replace
I feel so cold and I long for your embrace
I keep crying baby, baby, please
Oh can't you see
You belong to me
My poor heart aches
With every step you take
Every move you make
Every vow you break
Every smile you fake
Every claim you stake
I'll be watching you
Every move you make
Every step you take
I'll be watching you
I'll be watching you
(Every breath you take, every move you make, every bond you break, every step you take)
I'll be watching you
(Every single day, every word you say, every game you play, every night you stay)
I'll be watching you
(Every move you make, every vow you break, every smile you fake, every claim you stake)
I'll be watching you
(Every single day, every word you say, every game you play, every night you stay)
I'll be watching you
(Every breath you take, every move you make, every bond you break, every step you take)
I'll be watching you
(Every single day, every word you say, every game you play, every night you stay)
I'll be watching you

Curiosidades

John: Every Breath You Take, clássico do Police. A gente, nessa música, fez um dos arranjos mais trabalhosos. Ele tem um arranjo simples, mas ele instrumentalmente é complicado para caramba. Foi complicado pra caramba para gente fazer. A gente usou um monte daqueles tubos musicais. É difícil para eu explicar para vocês o que ele é. São uns tubos compridos de plástico que você vai batendo. Cada um tem uma nota. A gente usou eles para fazer, para compor, o baixo da música. E o Richard, nosso tecladista, tocou aquele arpejo típico do arranjo original também usando um metalofone e o piano de brinquedo também. É um arranjo bem complexo e ficou.....eu acho que ficou bem bonito assim....ele ficou aquele momento mais terno, mais docinho do disco. E eu acho que voz da Fernanda cantando essa música ficou especialmente boa...Every Breath You Take. (Faixa a Faixa Deezer)

Clipe

Severina Xique Xique

Letra

[João Gonçalves e Genival Lacerda]

Quem não conhece Severina Xique Xique
Que botou uma boutique para a vida melhorar
Pedro Caroço, filho de Zé Fagamela
Passa o dia na esquina fazendo aceno pra ela

Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!

Antigamente Severina
Coitadinha, era muito pobrezinha
Ninguém quis lhe namorar
Mas hoje em dia só porque tem uma boutique
pensando em lhe dar trambique
Pedro quer lhe paquerar

Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!

A Severina não dá confiança a Pedro
Eu acho que ela tem medo de perder o que arranjou
Pedro Caroço é insistente, não desiste
Na vontade ele persiste, finge que se apaixonou

Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!

Severina, minha filha não vai na onda de Pedro
Olha! Ele só tem interesse em você, sabe por quê?
Porque você tem uma boutique, minha filha!
Agora você querendo um sócio, olha aqui seu Babá
Hahahahai... Passa lá Severina! Lá ta tão bonzinho agora!
Oh meu Deus, tchau!

Quem não conhece severina Xique Xique
Que botou uma boutique para vida melhorar
Pedro Caroço,filho de Zé Fagamela
Fica o dia na esquina fazendo aceno para ela

Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!

Antigamente Severina
Coitadinha,era muito pobrezinha
Ninguém quis lhe namorar
Mas hoje em dia só porque tem uma boutique
Pensando em lhe dar trambique
Pedro quer lhe paquerar

Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!

Oh, Severina, como é? Resolve, minha filha!
Se quiser, psiu, passa lá! Hahai
Ai Jesus, olha se tu não vier já tem uma loira!
Dona Graça ta lá! hiheiiehee ai, tchau!

Curiosidades

Fernanda: Severina Xique Xique é um música conhecida na interpretação do Genival Lacerda e um xote ou um xaxado, John?
John: É um xote.
Fernanda: Está certo disso?
John: Estou certo.
Fernanda: Posso perguntar mais uma vez?
John: Pode perguntar valendo 1 milhão de cruzeiros.
Fernanda: É um xote....porque xote e xaxado....essas coisas tem limites tênues....mas a gente...ou não...o John...quer dizer, o John, melhor...pesquisou e é um xote. E, para ficar registrado aí a zabumba utilizada é uma galinha...é uma galinha que não é uma galinha que todo mundo conhece...é uma outra galinha que foi adquirida para o MDB 2, não é?
John: É a mesma galinha só que nós passamos a bater na bunda dela.
Fernanda: Ahhhh, então tá....então é a mesma nossa galinha.
John: É, não, puxa, vocês podem estar estranhando a gente estar falando uma coisa dessas no MDB, mas o Severina Xique Xique é uma música que tem o incrível poder de juntar uma música de duplo sentido, meio safada assim....com o empoderamento feminino.
Fernanda: Ninguém chamava isso de empoderamento feminino.
John: Nem existia esse termo, mas é uma música que consegue aproximar essas duas coisas aparentemente contraditórias...incrível, né?.....essa música deve ter uns 40 anos já....
Fernanda: Genival Lacerda já sabia.
John: É isso aí...Genival Lacerda sempre soube e continuará sabendo.
(Faixa a Faixa Deezer)

Clipe

Datemi un Martelo

Letra

[Pete Seeger e Lee Hay / Sergio Bardotti]

(If I had a hammer)

Datemi un martello.
Che cosa ne vuoi fare?
Lo voglio dare in testa
A chi non mi va, sì sì sì,
A quella smorfiosa
Con gli occhi dipinti
Che tutti quanti fan ballare
Lasciandomi a guardare
Che rabbia mi fa
Che rabbia mi fa

Datemi un martello.
Che cosa ne vuoi fare?
Lo voglio dare in testa
A chi non mi va, eh eh eh
A tutti le coppie
Che stano appiccicate,
Che vogliono le luci spente
E le canzoni lente,
Che noia mi dà, che noia mi dà

E datemi un martello.
Che cosa ne vuoi fare?
Per rompere il telefono
L'adopererò perché sì!
Tra pochi minuti
Mi chiamerà la mamma,
Il babbo ormai sta per tornare,
A casa devo andare, ufa,
Che voglia ne ho, no no no, che voglia ne ho

Un colpo sulla testa
A chi non è dei nostri
E così la nostra festa
Più bella sarà.
Saremo noi soli
E saremo tutti amici:
Faremo insieme i nostri balli
Il surf il hully gully
Che forza sarà...

Curiosidades

John: Datemi un martelo que a gente conhecia com a Rita Pavone....é, Fernanda ali arrasando no italiano com sotaque mineiro. Essa música tem a introdução de um instrumento que eu não usei no MDB1 e eu não sei porque eu não usei, sei lá...eu deveria ter usado desde antes...que é ukulele. O ukulele é....é ukulele, né?...ukúlele, ukelele (Fernanda: eu prefiro falar ukelele, mas tem gente que fala ukúlele)...cara, o lele ...ele é um instrumento pequenininho...ele é tipo um brinquedo....é um mini violãozinho com umas cordinhas de nylon, muito fácil tocar....é, andou na moda até demais na época que a gente fez o MDB1...acho que é por isso que a gente não usou...a gente é meio ranzinza com a coisa que está na moda e tal....então a gente, agora....agora que o pessoal já esqueceu do lele, a gente está usando....é, e ele é muito legal.....pra essa música faz um balancinho e as crianças cantam tchurutchuá...de derreter o coração. E, é isso...tem um som de festinha de criança no fundo....a gente pôs as crianças para fazer bastante bagunça aqui no estúdio...bagunça aleatória e fica de fundinho na música...que é uma coisa que tem no arranjo original da Rita Pavone também. Então, festinha italiana Datemi un Martelo. (Faixa a Faixa Deezer)

O Pato Fu canta em italiano também na música Gimme 30.

Clipe

Rock da Cachorra

Letra

[Léo Jaime]

Uauuu! Uauuu! Uauuu!
Uauuu! Uauuu! Uauuu!
Uauuu! Uuuuuu!...

Baptuba! Uap Baptuba!
Baptuba! Uap Baptuba!
Baptuba!
Uau! Uau! Uau!
Uau! Uau!...(2x)

Troque seu cachorro
Por uma criança pobre
(Baptuba! Uap Baptuba!)
Sem parente, sem carinho
Sem rango, sem cobre
(Baptuba! Uap Baptuba!)
Deixe na história de sua vida
Uma notícia nobre...

Troque seu cachorro
(Uauuu!)
Troque seu cachorro
(Uauuu!)
Troque seu cachorro
(Uauuu!)
Troque seu cachorro
(Uauuu!)
Troque seu cachorro
Por uma criança pobre...

Tem muita gente por aí
Que tá querendo levar
Uma vida de cão
Eu conheço um garotinho
Que queria ter nascido
Pastor-alemão
Esse é o rock despedida
Prá minha cachorrinha
Chamada "sua-mãe"...

É prá Sua-mãe!
(É prá Sua-mãe!)
É prá Sua-mãe!
(É prá Sua-mãe!)
É prá Sua-mãe!
(É prá Sua-mãe!)
É prá Sua-mãe!
Esse é o rock despedida
Prá cachorra "Sua-mãe"...

Seja mais humano
Seja menos canino
Dê guarita pro cachorro
Mas também dê pro menino
Se não um dia desse você
Vai amanhecer latindo
Uau! Uau! Uau!...

Troque seu cachorro
Por uma criança pobre
(Baptuba! Uap Baptuba!)
Sem parente, sem carinho
Sem rango, sem cobre
(Baptuba! Uap Baptuba!)
Deixe na história de sua vida
Uma notícia nobre...(2x)

Uauuu!
Baptuba, uap baptuba
Uauuu!
Baptuba, uap baptuba
Uauuu!
Baptuba
Uau! Uau! Uau!
Uau! Uau!...(2x)

Curiosidades

Fernanda: O Leo Jaime que compôs o “Rock da Cachorra” falou no programa de rádio dele… Ficamos muito honrados por terem gostado da ideia das nossas versões de brinquedo. Tão bom ter esse tipo de retorno de pessoas que estão na estrada há tanto tempo e não perderam esse tipo de atitude (em entrevista para Grupo Quinquilharia).

Fernanda: Rock da Cachorra é uma música que muita gente acha que é do Eduardo Dussek, mas é do Léo Jaime. Recentemente a gente conheceu o Léo pessoalmente. A gente já se conhecia musicalmente há muito tempo. E é uma música assim....que dá um certo pano para manga....um certo politicamente correto misturado com incorreto. Mas, todo mundo sabe que a gente adora bicho e adora criança. É mais pela diversão da canção. E, eu acho que os nosso convidados mirins se divertiram muito especialmente nessa faixa. Vamos ver? Aliás, vamos ouvir? (Faixa a Faixa Deezer).

Clipe

I Saw You Saying

Letra

[Gabriel Nunes / Gabriel Thomaz Nunes / Rodolfo Abrantes / Rodolfo Leite Goncalves De Abrantes - Raimundos]

Reconheci a Madonna ali parada no jardim
Não resisti fui perguntar o que ela achava de mim
Eu não sei falar inglês
Ela não entende uma palavra em português
I saw you saying that you say that you saw
I saw you saying that you say that you saw (I fell good)
I feel good because you put your butt on me
I feel good because you put your butt on me
Perguntei para o meu pai
O que ela me disse
Ela disse, meu rapaz|
I saw you saying that you say that you saw (I saw you saying)
I saw you saying that you say that you saw (I fell good)
I feel good because you put your butt on me
I feel good because you put your butt on me
I feel good because you put your butt on
The hula hula song make me feel so strong
The hula hula hey goodbye I'm going away
The hula hula song make me feel so strong
The hula hula hey goodbye I'm going away (a há)
Because you put your butt on me (a há)
You know you put your butt on me (a há)
You know you put your butt on me
Shalalala yeah yeah yeah yeah yeah

Curiosidades

John: I Saw You Saying dos Raimundos….eu acho que essa é a única música dos Raimundos que dá para entrar no MDB….a gente adora Raimundos, mas tentando escolher as músicas…era difícil achar uma que não tivesse, tipo, um palavreado que dentro dos Raimundos funciona perfeitamente….mas, putz, para oMDB a gente está ali tentando achar uma e apareceu essa. E essa música é demais, porque ela brinca com inglês macarrônico….que as crianças rapidamente entendem o tipo de piada que é…ela tem um humor característico dos Raimundos que tem a ver….e tem uma coisa no instrumental que é muito legal que é o solo de guitarra fuzz no Digão…que a gente fez ele com um instrumento antigo da década de 60….que já tinha sido dado pelo David Bowie (Space Oddity)….é um mini instrumentinho eletrônico chamado stylophone….ele parece um radinho de pilha…e que a gente toca com uma canetinha…e ele faz esse som que se parece um pouco com o solo que o Digão fez no original. Então é isso aí…I Saw You Saying that I Say that You Saw, Raimundos. (Faixa a Faixa Deezer)

Stylophone e David Bowie

Clipe

Kid Cavaquinho

Letra

[João Bosco e Aldir Blanc]

Óia que foi só pega no cavaquihno
Pra nego bater
Mas se eu contar o que é que pode
Um cavaquinho os "home" não vai crer

Quando ele se fere fere firme
Dói que nem punhal
Quando ele invoca até parece
Um pega na geral

Genésio a mulher do vizinho
Sustenta aquele vagabundo
Veneno é com o meu cavaquinho
Pois se eu to com ele encaro todo mundo

Se alguém pisa no meu calo
puxo o cavaquinho pra cantar de galo
Se algúem pisa no meu calo

Curiosidades

Fernanda: Kid Cavaquinho é uma música de Aldir Blanc e João Bosco que ficou muito conhecida na voz da Maria Alcina. E, confesso que acho que foi uma das mais difíceis que eu gravei assim, porque tem que ter uma swing todo Maria Alcina. E, ela tem esse swing que eu não tenho. Então, eu fiquei….suei bastante aqui no estúdio. Mas é interessante, porque botar as crianças para cantar essa música e apresentar essa música para criança é contar um pouquinho da música brasileira, né? Uma figura tão interessante como a Maria Alcina e que está aí na ativa, fazendo show….ao mesmo tempo que os dois compositores fizeram tantas coisas…acho que nunca pensavam que essa música fosse entrar num disco chamado MDB. Então vamos ver aí todo nosso swing…todo swing do Pato Fu e das crianças também…que, oh, estão maravilhosas especialmente nessa música. (Faixa a Faixa Deezer)

Fernanda: Em ‘Kid Cavaquinho’ o John pegou um desses instrumentos que as pessoas usam para fazer barulho em estádio de futebol (como uma vuvuzela, só que com um som mais grave) e usou como uma cuíca. (Revista Rolling Stones)

João Bosco

Maria Alcina

Clipe

Livin’ La Vida Loca

Letra

[Desmond Child, Robi Rosa e Luis Gómez Escolar]

She's into superstitions
Black cats and voodoo dolls
I feel a premonition
That girl's gonna make me fall
She's into new sensation
New kicks in the candlelight
She's got a new addiction
For every day and night
She'll make you take your
Clothes off and go dancing in the rain
She'll make you live her crazy life
But she'll take away your pain
Like a bullet to your brain

Upside inside out
She's livin' la vida loca
She'll push and pull you down
Livin' la vida loca
Her lips are devil red
And her skin's the color of mocha
She will wear you out
Livin' la vida loca
She's livin la vida loca

Woke up in New York City
In a funky cheap hotel
She took my heart
And she took my money
She must've slipped me a sleepin' pill
She never drinks the water
And makes you order
French champagne
Once you've has a taste of her
You'll never be the same
Yeah, she'll make you go insane

Upside inside out
She's livin' la vida loca
She'll push and pull you down
Livin' la vida loca
Her lips are devil red
And her skin's the color of mocha
She will wear you out
Livin' la vida loca
She's livin la vida loca

She'll make you take your
Clothes off and go dancing in the rain
She'll make you live her crazy life
Until you go insane
No, you'll never be the same

Upside inside out
She's livin' la vida loca
She'll push and pull you down
Livin' la vida loca
Her lips are devil red
And her skin's the color of mocha
She will wear you out
Livin' la vida loca
She's livin la vida loca

Livin' la vida loca
Livin' la vida loca
Livin' la vida loca

Upside inside out
She's livin' la vida loca
She'll push and pull you down
Livin' la vida loca
Her lips are devil red
And her skin's the color of mocha
She will wear you out
Livin' la vida loca
She's livin la vida loca

Livin' la vida loca
Livin' la vida loca
Livin' la vida loca

Curiosidades

John: Essa é Livin' La Vida Loca....que é uma música que as pessoas conhecem com Rick Martin. A gente fez esse arranjo do tipo arraste as poltronas...abra espaço na sala para as crianças dançarem loucamente. Tem os nossos sons de gatinho, tem sopros de plástico, kazoo, efeitinhos eletrônicos feitos com brinquedos originalmente, não com computador...e o vocal extra-fofo das crianças....cantando Livin' La Vida Loca. Mais uma vez o nosso gatinho....é um tecladinho com formato de gato que a gente comprou e agora a gente quer colocar esse gatinho em todas as músicas...então mais gatinho em Livin' La Vida Loca. (Faixa a Faixa Deezer)

Rick Martin

Clipe